graciano codes

emoji bravinho com efeito 3D

Top 7 lixos de programação

Num momento full blogueirinho resolvi fazer uma lista. Não vou me dar ao trabalho para argumentar muito se o que eu estiver criticando também tiver sido feito por pessoas que não se deram ao trabalho de fazer algo decente.

Dito isto, meu critério é se a ferramenta é útil de usar hoje, o que reconheço ser injusto com quem não teve a intenção de fazer a parada para continuar a ser usada de maneira errada por muito tempo. Eu mesmo devo sofrer disso, em trabalhos que não tive condições muito interessantes pra desenvolver alguma coisa. Fica aqui a solidariedade à nossa categoria de ploretários.

No entanto, de boas intenções o inferno está cheio. Nos vemos no inferno.

Observação: Se aquela bosta que você usa no trabalho não apareceu aqui, provavelmente é porque eu nunca usei, sinta-se livre pra comentar :)

# 7: jQuery

Respeito muito o jQuery, mas já passou o seu tempo. Ainda tem uma função educativa muito boa, ao introduzir pessoas para o mundo web. Porém se você usa em produção (ou seja, no mundo real, com usuários reais) em um sistema desta década que não seja legado, eu amaldiçoarei suas próximas 5 gerações, principalmente se você mistura jQuery com react, angular ou outra framework mais moderna.

# 6: Angular 1.x

Assim como o jQuery, já cumpriu seu papel na Terra e está fazendo hora extra. E eu me recuso a chamar a ferramenta pela nomenclatura retroativa de “angularJS”. A Google fez cagada em não dar um nome diferente pros outros monstrinhos completamente diferentes que são angular 2, 3, 4… Inclusive, a própria ferramenta de busca do google não entende que antes de 2017 angular é angularJS, e depois disso são coisas diferentes.

# 5: PHP 5

Dessa água já bebi, e como disse antes, é meio injusto porque nem há mais suporte pra essa versão tem uns 3 anos já. Só que é bizarro: papo de uns 70% da internet inteira ainda deve estar em PHP 5, sendo que não há mais suporte pra essa versão da linguagem. Festa dos hackers.

# 4: Dreamweaver

Se você passou por essa desgraça na sua vida, isso formou o seu caráter hoje.

# 3: SQL server

É impressionante como tudo que a microsoft tocou antes de 2010 é o mais puro lixo. Só não ficou atrás do PHP 5 porque o próprio PHP não dava mais suporte pra SQL Server na versão 5.

# 2: Flash Builder

Sério, a Adobe deveria ser condenada por crimes contra a internet. Flash nem é gente.

# 1: Angular 2018~2019

And the oscar goes to… era óbvio né? Pra começar que eu nem consigo apontar nem qual versão ficaria aqui, que são diferentes das outras e introduzem breaking changes a torto e a direito. Daí resolvi colocar os anos. Nem tem a desculpa de não darem mais suporte como outros itens da lista. A mudança em relação ao angular 1 veio tarde demais. Coloquei especificamente este período porque é o período em que eu tenho provas de que é uma bosta. Seguem os dados:

Pesquisa do State of JS de 2018 mostra que angular é a única framework frontend com mais gente usando que quer deixar de usar (34%, inclusive eu) do que gente usando que quer continuar usando (24%).

Enfim, agora que números provam que angular é ruim, fique a vontade para reclamar nos comentários.